Philos + Sophia = Philosophia
 
 

Espaço de reflexão e de edição de textos de filosofia

 
 

A Filosofia é uma concepção do mundo e da vida, é amor pela sabedoria, é reflexão crítica e investigativa do conhecimento e do ser. António A. B. Pinela

 

Início EuroSophia Filosofia Filósofos Educação Glossário Ajuda Contacto Utilização de textos
 

Que é a filosofia?A filosofia e os filósofos, O ensino da filosofiaO estudo da filosofiaPara que serve a filosofia. Mais

 
   

Tales de Mileto (Pré-socrático)

 

Filósofo pré-socrático, Tales é um dos sete sábios da Grécia  e o primeiro filósofo de que nos dá notícia a História. Da sua vida pouco se sabe, apenas o que nos é transmitido pelos doxógrafos.

Segundo as doxografias, Tales era filho de Exâmias e de Cleobulina, nasceu e viveu em Mileto, porto grego da costa da Ásia Menor. No que concerne à data do seu nascimento, tudo são conjecturas. Porque era astrónomo, previu o eclipse total do Sol de 28 de Maio de 585 a. C., o que permitiu estabelece, como datas prováveis, o ano de 624 a. C. para o seu nascimento e 547 a. C. para a sua morte. A sua ascendência terá sido de origem fenícia e era conhecedor da cultura oriental por, segundo se diz, contactos directos que efectuou. Pelo menos, em data incerta, empreendeu uma viagem ao Egipto.  
Aristóteles eleva-o a fundador da Filosofia e diz que “a maior parte dos filósofos antigos concebia somente princípios materiais como origem de todas as coisas (...). Tales, o criador de semelhante Filosofia, diz que a água é princípio de todas as coisas (por esta razão afirmava também que a Terra repousa sobre a água) (Aristóteles., Metafísica, I, 3).

Tales interessou-se pelos mais diversos campos da actividade humana: astronomia, matemática, política, etc. Do seu pensamento quase nada é conhecido. Até nós não chegaram, deste pensador, quaisquer escritos. Pelo que, o conhecimento que, da sua doutrina filosófica, temos se deve aos doxógrafos e, em particular, a Aristóteles.

Quanto à actividade literária, alguns comentadores e historiadores dizem que é pouco provável que Tales tenha escrito um livro, embora lhe seja atribuída a obra Astrologia Náutico. Diógenes Laércio tem dúvidas quanto à autenticidade das suas obras, mas escreve:«Segundo alguns, nada deixou escrito; pois a Astrologia Náutica que lhe é atribuída pertence, segundo se diz, a Foco de Samos. (…), ao passo que, segundo outros, escreveu só duas obras, que são: Sobre o Solstício e Sobre o Equinócio, considerando todos os outros assuntos incognoscíveis» (Diógenes Laércio, I, 23). Lobon de Argus afirmou que os escritos de Tales equivaleriam a cerca de duzentas linhas (Diógenes Laércio, I, 34).

 
 

LIVROS / EBOOKS

 

FILOSOFIA

 

Para que serve a filosofia

A Fundamentação Metafísica da Esperança em Gabriel Marcel

Vergílio Ferreira e o Existencialismo

A Razão Universal em Álvaro Ribeiro

A Felicidade Segundo Santo Agostinho

A desigualdades entre os homens segundo Rousseau

Felicidade e Natureza Humana Segundo David Hume

 

EDUCAÇÃO

 

Organização e Desenvolvimento Curricular

Como Organizar Um Trabalho Escolar

Ciências da Educação: Glossário

 

ARQUIVO

 

O pensamento mítico

Pensamentos

Programas de Filosofia (10.º, 11.º e 12.º anos) V

Provérbios

Sabia que...

Os Sete sábios da Grécia

 
© 2003-2016 EuroSophia.com - Todos os direitos reservados Utilização de textos
EuroSofia é um espaço de reflexão e de edição de textos Última actualização: 01/01/16

Contacto