A Filosofia é uma concepção do mundo e da vida, é amor pela sabedoria, é reflexão crítica e investigativa do conhecimento e do ser. António A B Pinela

 

A Filosofia é (...)  a actividade mais natural do homem e o inquérito filosófico o mais caracteristicamente humano. Rafael Gambra.

Início EuroSophia Filosofia Filósofos Educação Glossário Ajuda Contacto Utilização de textos
 
Organização e Desenvolvimento Curricular

Autor: António A. B. Pinela

Edição: Edição do Autor

ISBN: 978-989-20-1865-2

Depósito legal: 304113/09

© António A. B. Pinela, 2010

Páginas: 344

Formato: papel

Publicação e comercialização por: www.sitiodolivro.pt

PVP: 19,40 euros

 

Comprar

Sobre o autor

 

Apontamento

 

Intenção O que me motivou a escrever este trabalho foi, em primeiro lugar, o desejo de organizar as minhas próprias experiências enquanto professor e como Orientador de Estágio Pedagógico – Ramo Educacional –, primeiro a trabalhar com a Universidade Católica (Lisboa), depois com a Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa; em segundo lugar, por verificar que faz sentido incluir num só texto temas que encontramos dispersos por várias obras, mas que constituem um todo que se traduz na Organização e Desenvolvimento Curricular.

Não quero com isto dizer que aquela multiplicidade de obras não seja útil aos professores. É evidente que o é. Se não considerasse positivamente aquelas obras, que sentido faria indicar muitas delas na bibliografia?

O meu trabalho é, portanto, o reflexo da minha própria experiência, mas também do estudo que tenho desenvolvido, desde o início da minha actividade como professor.

O que me faz dizer que, afinal, pouco criei. Mas fiz e faço uma leitura da actividade docente, traduzi uma experiência, elaborei um texto na profunda convicção de que «Um texto é sempre gerado por outro texto, um sentido é sempre expressão de um sentido – o caos não ilumina, – uma acção prolonga sempre uma acção.»

blico-alvo – Esta obra destina-se, em primeiro lugar, aos Licenciados que ingressam nos estágios – Ramo Educacional –, com vista à sua profissionalização, quer em actividades na Universidade, primeira parte do estágio, quer nas escolas: estágio pedagógico; aos alunos das Licenciaturas em ensino, cursos de formação profissionalizante integrada; aos alunos das Escolas Superiores de Educação, professores para o Ensino Básico. Em segundo lugar, destina-se a todos os Professores que pretendam ter à mão um instrumento de trabalho que, eventualmente, lhes possa ser útil em situações específicas da sua prática lectiva.

Âmbito – Farei uma abordagem que envolve a actividade docente, nas suas múltiplas dimensões. Neste texto reflicto sobre «O Sistema Educativo» (Introdução − 2), «A Escola» (Introdução − 3). Analisa-se em que medida o professor intervém nos vários níveis desta Instituição, que actividade exerce para além da função primeira e primordial, que é a actividade docente. Discorro sobre o «Currículo» (Introdução − 4), o seu significado e amplitude. O Desenvolvimento do Processo Curricular constitui a parte central do presente estudo, faz a abordagem, passo-a-passo, da «Planificação do Processo de Ensino/Aprendizagem» (I). A partir do desenvolvimento destas tarefas, trata-se da «Implementação do Pro­ces­so Curricular» (II), que tarefas desenvolver para que a prática lectiva não se torne um pesadelo, como por vezes acontece? Por isso, reflecte-se também sobre as características dos alunos, que é preciso conhecer, e como recolher essa informação; sobre o modo de adaptar o currículo à realidade concreta, as turmas que são distribuídas aos docentes; a organização e condução da lição também fazem parte destas preocupações, etc.

Não deixei de introduzir o tema «Visita de Estudo» (II-5), actividade nem sempre muito considerada nas planificações.

A «Avaliação da Aprendizagem» (III) é talvez a tarefa mais difícil que o docente tem de realizar. Quando e para quê avaliar, qual a função da avaliação, que tipos de avaliação efectuar, como construir os instrumentos de avaliação, com que objectividade e justiça avaliamos os nossos alunos, que rigor imprimimos à classificação final dos alunos? Procura-se dar resposta a estas e a outras questões que por certo o ajudarão.

A Inovação Pedagógica é uma exigência que não pode ser ignorada. O professor do nosso tempo não pode ficar “agarrado” a preconceitos, tem de olhar para a novidade e integrá-la no seu quotidiano profissional. Dar atenção às novas exigências da denominada «Sociedade de Informação» e integrá-las na educação é já inovar a prática lectiva. O docente tem de estar atento à novidade, se não quer ser ultrapassado pelos seus próprios alunos.

Glossário – A terminologia em Ciências da Educação não está rigorosamente fixada, e creio que é difícil fixá-la. Mas isso não é um obstáculo para o nosso trabalho. Com efeito, tomamos como emprestados muitos dos vocábulos empregues por outras ciências. Na escola ensinamos várias ciências, e isso influencia-nos beneficamente, porque o saber é um todo e não um conjunto feito de fragmentos desligados. Contudo, procurei introduzir, neste texto, um glossário, mais ou menos abrangente, que numa primeira abordagem possa elucidar o leitor.

A terminologia incluída foi objecto de pesquisa na bibliografia indicada e na abundante legislação publicada sobre a Reforma do Sistema Educativo.

Bibliografia – A ideia de uma bibliografia um tanto extensa prende-se com a intenção de proporcionar ao leitor interessado o aprofundamento, mais específico, de qualquer um dos temas da Organização e Desenvolvimento Curricular. Basta uma leitura interessada para se dar conta da inclusão de um variadíssimo leque de opções, que permitirão ulteriores aprofundamentos.

 
 

EBOOKS/FILOSOFIA

 

Horizontes da Filosofia

 

A Fundamentação Metafísica da Esperança em Gabriel Marcel

 

Vergílio Ferreira e o Existencialismo

 

A Razão Universal em Álvaro Ribeiro

 

A felicidade segundo Santo Agostinho

 

Rousseau denuncia as causas das desigualdades

 

Felicidade e Natureza Humana Segundo David Hume

 

EBOOKS/EDUCAÇÃO

 

Organização e Desenvolvimento Curricular

 

Como Organizar Um Trabalho Escolar

 

Ciências da Educação: Glossário

 

FRAGMENTOS

 

Etimologia da palavra Filosofia

O mito

A vivência da Filosofia

A reflexão sobre as coisas

Escrever sobre os «Horizontes da filosofia»

 

ARQUIVO

 

Educação

Ensino da filosofia

Estudo da filosofia

Filosofia (Prog. ens. secundário)

Filosofia (Discip. ens. superior)

Pensamentos

Provérbios

Sabia que...

Sete sábios da Grécia, Os

 

© 2003-2017 EuroSophia.com - Todos os direitos reservados

Utilização de textos

Contacto

EuroSofia é um espaço de reflexão e de edição de textos

Última actualização: 28/05/17