A Filosofia é uma concepção do mundo e da vida, é amor pela sabedoria, é reflexão crítica e investigativa do conhecimento e do ser. António A B Pinela

 

Início EuroSophia Filosofia Filósofos Educação Glossário Ajuda Contacto
 

TEXTOS DE ANTÓNIO A B PINELA

 
 

Horizontes da Filosofia

 

O pensamento filosófico mergulha nas distâncias do Tempo. Já vai longe o nascimento dos primeiros filósofos que lhe deram origem: Tales de Mileto, Anaximandro e Anaxímenes, de entre outros filósofos gregos (Séculos VII-VI a.C.).

(...) O vocábulo Philosophia deriva da língua grega e resulta da união de duas palavras: Philos (amigo, amor) mais Sophia (sabedoria) e significa amor pela sabedoria, procura, indagação do saber. Philosophos (filósofo) é aquele que ama a sabedoria, indivíduo cuja vida é consagrada à investigação da verdade, em contraposição com o possuidor de conhecimentos que se designava por sophos (sábio), como dizia Pitágoras. Mais

 

 
  A Fundamentação metafísica da esperança em Gabriel Marcel


A esperança é um daqueles temas que tem sido pouco tratado entre nós, muito menos, ainda, tem havido a preocupação de observar em que se fundamenta. Talvez que seja considerada assunto menor da Filosofia! No entanto, ela é permanentemente evocada por todos nós.

Se tudo nos corre bem, diremos: «Eu tinha a esperança de que assim seria». Se as coisas não vão pelo melhor, também não desistimos: «Tenho esperança de que da próxima vez é que é!»
Gabriel Marcel fala-nos destas questões. Procura esclarecer o sentido da esperança, em que se fundamenta e qual a sua eficácia. Quisemos, por isso, compreender a importância das suas preocupações neste plano da vida humana. Mais

 

 
 

Vergílio Ferreira e o existencialismo
 

É um trabalho despretensioso que visa ajudar todos aqueles que necessitam de uma informação rápida, mas cuidada, tendo em vista o fim a que se destina. É apenas uma ajuda. A minha intenção é tão só que este texto possa servir de trampolim para leituras mais profundas e para outras temáticas, que porventura esta leitura sugira.

Haja em vista a abrangência e importância do existencialismo, corrente filosófica marcante do século passado, e as temáticas que aborda, que muito influenciou o pensamento de Vergílio Ferreira. Foi esta constatação que despoletou em mim o interesse por esta breve reflexão. Mais

 

 
 

A razão universal em Álvaro Ribeiro
 

(...) temos o hábito de desvalorizar tudo (ou quase) quanto é português, até a própria língua! Diz-se que não se houve música portuguesa, porque o dizer ou o cantar não é tão sonoro ou melódico como o cantar e dizer em língua inglesa, por exemplo; não se vê muitos filmes portugueses, porque os filmes americanos ou ingleses têm qualidade superior; não se lê ou se lêem poucos ensaios e outras obras científicas ou filosóficas de autores portugueses, porque os nossos investigadores ainda não atingiram os níveis alcançados lá fora; enfim, mais concretamente, no que concerne à Filosofia, não temos um Kant ou um Hegel, um Descartes ou um Sartre, um Hume ou um Russell que nos sirva de bilhete-postal, para que se faça luz sobre as reais capacidades do pensar em português! Mais

 

 
 

A felicidade segundo Santo Agostinho

A abordagem do Diálogo Sobre a Felicidade, de Santo Agostinho, tem por objectivo analisar e compreender o modo como o Santo abandonou uma vida, que considerava indigna, e se dirigiu para outra, a vida virtuosa, por meio do conhecimento de Deus. Por conseguinte, o presente trabalho centra-se mais concretamente num período muito particular da vida de Agostinho e pode ser datado. É a época em que ele parte com algumas familiares e amigos para Cassicíaco.

O meu interesse pelo estudo do Diálogo de Agostinho deriva do facto de me interessar pela problemática da felicidade. Não é verdade que todos  (cada um a seu modo) queremos ser felizes? (...)

Santo Agostinho procurou e encontrou a felicidade em Deus, outros encontrarão aquele estado espiritual em outros objectivos.  Mais

 

 
 

Rousseau denuncia as causas das desigualdades

O século das Luzes assistiu à sucessão de extraordinários fenómenos. Viu a ciência alcançar progressos bem definidos, maravilhou-se com o brilhantismo das Artes e com o esplendor das Letras, enquanto nos salões parisienses via agitarem-se ideias que inspiraram a Revolução Francesa de 1789 e apreciava a era industrial a desabrochar nas minas de hulha da antiga Albion. Um mundo acabava: o ancien régime; outro começava: o mundo moderno (no sentido de diferente, de inovador). Um mundo em que a crítica ganha foros de cidadania e a tolerância passa a ser considerada, na medida em que o homem ganha consciência de que o progresso não é possível sem que estes elementos (crítica e tolerância), a par da liberdade, tenham lugar. Mais

 

 
 

Felicidade e Natureza Humana Segundo David Hume

A “felicidade” é um daqueles temas que está pouco tratado entre nós e, contudo, a todos implica. Quem não sente o desejo de viver uma vida tranquila, liberta de preocupações excessivas, plena de satisfação, alegre? O mais taciturno dos homens conduzirá, por certo, a sua vida no sentido da felicidade; a mais maquiavélica das mentes exercitará a sua acção espúria para atingir os objectos da sua paixão; o espírito benfazejo não terá outra coisa em mente senão a felicidade, contribuindo com a sua prática para que os outros a tenham. Numa palavra, todos queremos ser felizes. Esta é a razão do presente trabalho: reflectir sobre a felicidade e natureza humana (...). Mais

 

 
 

Organização e Desenvolvimento Curricular

blico-alvo – Esta obra destina-se, em primeiro lugar, aos Licenciados que ingressam nos estágios – Ramo Educacional –, com vista à sua profissionalização, quer em actividades na Universidade, primeira parte do estágio, quer nas escolas: estágio pedagógico; aos alunos das Licenciaturas em ensino, cursos de formação profissionalizante integrada; aos alunos das Escolas Superiores de Educação, professores para o Ensino Básico. Em segundo lugar, destina-se a todos os Professores que pretendam ter à mão um instrumento de trabalho que, eventualmente, lhes possa ser útil em situações específicas da sua prática lectiva. Mais

 

 
 

Como Organizar Um Trabalho Escolar

A realização das diversas tarefas escolares, pelos alunos, deverá obedecer a um roteiro ou, mais especificamente, a uma planificação, por forma a facilitar o estudo e obter o sucesso. O aluno não deverá descurar este aspecto da sua aprendizagem, a fim de alcançar bons resultados e, com isso, ganhar tempo para outras actividades de seu interesse. Os bons resultados conseguem-se com uma boa organização do trabalho de estudo. Aplicar métodos ao trabalho é o caminho. Mais

 

 
 

Ciências da Educação - Glossário

Este Glossário pretende ser, apenas, uma ajuda rápida, da terminologia aplicada ao ensino.

ACÇÃO: Efectivação da capacidade de agir. No domínio pedagógico e educativo, a acção é geralmente a influência exercida por um ser sobre outro ser, nomeadamente pelo professor sobre a criança ou o aluno, com a finalidade de o fazer atingir certas metas ou de o levar a adoptar certos comportamentos ou condutas, nos planos físico, intelectual, moral, estético e social, etc. Mais particularmente, um ensino pela acção propõe-se fazer agir o aluno sobre as coisas, para lhe dar acesso ao conhecimento e à formação do espírito. Mais

 
 
 

EBOOKS/FILOSOFIA

 

Horizontes da Filosofia

|

A Fundamentação Metafísica da Esperança em Gabriel Marcel

|

Vergílio Ferreira e o Existencialismo

|

A Razão Universal em Álvaro Ribeiro

!

A felicidade segundo Santo Agostinho

|

Rousseau denuncia as causas das desigualdades

|

Felicidade e Natureza Humana Segundo David Hume

 

EBOOKS/EDUCAÇÃO

 

Organização e Desenvolvimento Curricular

(Est. universitários, professores)

|

Como Organizar Um Trabalho Escolar

(ens. secundário, universitário)

|

Ciências da Educação: Glossário

 

APOIO ESCOLAR

 

Fale connosco

 

Ensino da filosofia

Estudo da filosofia

Filosofia (Prog. ens. secundário)

Filosofia (Discip. ens. superior)

Filosofia (textos)

Filósofos (biografias breves)

Glossário

 

Amnistia Internacional

Erasmus

Lusofonia (CPLP)

ONU

UNESCO

União Europeia

 

ARQUIVO

 

Educação

Pensamentos

Provérbios

Sabia que...

Sete sábios da Grécia, Os

 

© 2003-2017 EuroSophia.com - Todos os direitos reservados

Utilização de textos

Contacto

EuroSofia é um espaço de reflexão e de edição de textos

Última actualização: 14/06/17