Philos + Sophia = Philosophia
 
 

Espaço de reflexão e de edição de textos de filosofia

 
 

A Filosofia é uma concepção do mundo e da vida, é amor pela sabedoria, é reflexão crítica e investigativa do conhecimento e do ser. António A. B. Pinela

 

Início EuroSophia Filosofia Filósofos Educação Glossário Ajuda Contacto Utilização de textos
 

Que é a filosofia?A filosofia e os filósofos, O ensino da filosofiaO estudo da filosofiaPara que serve a filosofia. Mais

 
   

A FILOSOFIA E OS FILÓSOFOS

 
A filosofia e os filósofos

«Todos somos filósofos», diz Gramsci. No entanto, temos de distinguir o "filósofo" que todos somos, que ocasionalmente filosofa espontaneamente, do filósofo que sabe do ofício, o filósofo intencional, que concebe uma visão do mundo e da vida, que incessantemente persegue a busca de fundamentos para as suas ideias, princípios e concepções, que toma posição crítica sobre tudo o que ocorre. Enfim, o filósofo é o profissional que luta contra os preconceitos, o que está estabelecido, os dogmatismos e cepticismos, o laxismo e o facilitismo, procurando elucidar, por meio da reflexão, todos estes estados de espírito. Mais

 

 
Para que serve a filosofia
 

Saber Filosofia e filosofar não é adoptar umas tantas ideias de autores consagrados e debitá-las como se fossem nossas; saber Filosofia e filosofar não é aprender apenas a História da Filosofia (o que já é muito importante) e descrever sistematicamente, a vida inteira, as ideias dos filósofos estudados. Não se diz que não é importante conhecer a História da Filosofia, o que se afirma é que o filósofo, para além do domínio da História da sua disciplina, por definição, faz filosofia. E fazer filosofia não é adoptar, tão só, as ideias dos outros, sem sair delas, mas é construir também as suas próprias ideias e concepções sobre a vida e as realidades que o envolvem.. Mais

 
A Fundamentação Metafísica da Esperança em Gabriel Marcel
 

A esperança é um daqueles temas que tem sido pouco tratado entre nós, muito menos, ainda, tem havido a preocupação de observar em que se fundamenta. Talvez que seja considerada assunto menor da Filosofia! No entanto, ela é permanentemente evocada por todos nós. Se tudo nos corre bem, diremos: «Eu tinha a esperança de que assim seria». Se as coisas não vão pelo melhor, também não desistimos: «Tenho esperança de que da próxima vez é que é!» Gabriel Marcel fala-nos destas questões. Procura esclarecer o sentido da esperança, em que se fundamenta e qual a sua eficácia. Mais

 
Vergílio Ferreira e o Existencialismo
 

É um trabalho despretensioso que visa ajudar todos aqueles que necessitam de uma informação rápida, mas cuidada, tendo em vista o fim a que se destina. É apenas uma ajuda. A minha intenção é apenas que este texto possa servir de trampolim para leituras mais profundas e para outras temáticas, que porventura esta leitura sugira. Mais

 
A Razão Universal em Álvaro Ribeiro
 

A «Razão e crença, pensamento e realidade» (...) aborda a universalidade da razão, visto que sem ela não é possível prosseguir o caminho que se situa entre a ciência e a ignorância. Enfim, a reflexão em torno desta rubrica encaminha-nos para a compreensão das verdades lógica (verdade dos conhecimentos) e ontológica (verdade das coisas) inseridas no contexto da Natureza que apenas conhecemos imperfeitamente. Mais

 
A Felicidade Segundo Santo Agostinho
 

A abordagem do Diálogo Sobre a Felicidade, de Santo Agostinho, tem por objectivo analisar e compreender o modo como o Santo abandonou uma vida, que considerava indigna, e se dirigiu para outra, a vida virtuosa, por meio do conhecimento de Deus. Por conseguinte, o presente trabalho centra-se mais concretamente num período muito particular da vida de Agostinho e pode ser datado. É a época em que ele parte com algumas familiares e amigos para Cassicíaco. Mais

 
A desigualdades entre os homens segundo Rousseau
 

O século das Luzes assistiu à sucessão de extraordinários fenómenos. Viu a ciência alcançar progressos bem definidos, maravilhou-se com o brilhantismo das Artes e com o esplendor das Letras, enquanto nos salões parisienses via agitarem-se ideias que inspiraram a Revolução Francesa de 1789 e apreciava a era industrial a desabrochar nas minas de hulha da antiga Albion. Um mundo acabava: o ancien régime; outro começava: o mundo moderno (no sentido de diferente, de inovador). Mais

 
Felicidade e Natureza Humana Segundo David Hume
 

A "felicidade" é um daqueles temas que está pouco tratado entre nós e, contudo, a todos implica. Quem não sente o desejo de viver uma vida tranquila, liberta de preocupações excessivas, plena de satisfação, alegre? O mais taciturno dos homens conduzirá, por certo, a sua vida no sentido da felicidade; a mais maquiavélica das mentes exercitará a sua acção espúria para atingir os objectos da sua paixão; o espírito benfazejo não terá outra coisa em mente senão a felicidade, contribuindo com a sua prática para que os outros a tenham. Numa palavra, todos queremos ser felizes. Mais

 
Organização e Desenvolvimento Curricular
 

Esta obra destina-se aos Licenciados que ingressam nos estágios, com vista à sua profissionalização, quer em actividades na Universidade, quer nas escolas;  aos alunos das Licenciaturas em ensino, cursos de formação profissionalizante integrada; aos alunos das Escolas Superiores de Educação, professores para o Ensino Básico; a todos os Professores que pretendam ter à mão um instrumento de trabalho que, eventualmente, lhes possa ser útil em situações específicas da sua prática lectiva. Mais

 
Como Organizar Um Trabalho Escolar
 

A realização das diversas tarefas escolares, pelos alunos, deverá obedecer a um roteiro ou, mais especificamente, a uma planificação, por forma a facilitar o estudo e obter o sucesso. O aluno não deverá descurar este aspecto da sua aprendizagem, a fim de alcançar bons resultados e, com isso, ganhar tempo para outras actividades de seu interesse. Os bons resultados conseguem-se com uma boa organização do trabalho de estudo. Aplicar métodos ao trabalho é o caminho. Mais

 
Ciências da Educação: Glossário
 

Este glossário é o resultado de pesquisa efectuada, no âmbito da orientação pedagógica, em várias obras de índole pedagógica e didáctica, de psicologia e sociologia, e ainda de Legislação sobre a Reforma Educativa, que tem sido publicada desde os anos 80, do século passado. Este texto pretende ser, apenas, uma ajuda rápida, da terminologia aplicada ao ensino. Mais

 

 

Estudo da Filosofia

Ao longo do estudo da Filosofia, aperceber-se-á que esta disciplina deverá ser vivida, isto é, deverá ser estudada, e não memorizada ou «cabulada». A vivência da Filosofia faz-se em contacto com os textos dos filósofos – do professor da disciplina, os textos que integram os manuais e as obras recomendadas. Mais

 

Ensino da Filosofia

António Sérgio, filósofo e ensaísta português, ensina, na sua qualidade de aprendiz mais velho, como ele próprio escreve, que o aprendiz de filósofo não se deve apressar a adoptar soluções, antes deverá procurar conhecer bem os problemas, habituando-se a ver as dificuldades reais que se deparam nas coisas que se afiguram fáceis ao simplismo e à superficialidade, característica do senso comum. Mais

 

Regresso ao existencialismo

Como outras correntes da Filosofia, o existencialismo marca o seu tempo. Compreende-se que o século vinte tenha produzido esta forma de pensamento. Pensamento traduzido numa filosofia que melhor responde ao tempo vivido, a partir da Primeira Grande Guerra Mundial. Começa, neste período a estar em causa a preservação da existência humana, como se verificou com a Segunda Guerra Mundial, e outras ocorrências ulteriores, outras Guerras. Mais

 

Quem tem medo da Filosofia

A Filosofia, de facto, não ensina como pregar um prego numa tábua, como fazer um plano contabilístico, como descobrir a cura para a doença que atormenta um nosso familiar ou amigo, não respondendo às nossas angústias, consequências da vida. Mas «A Filosofia, se não pode responder a tantos enigmas como desejáramos que respondesse, tem o poder, pelo menos, de fazer perguntas e de levantar problemas, que tornam o mundo muito mais interessante e que mostram o estranho, o maravilhoso, logo por baixo da flor da pele das vulgaríssimas coisas do comum» (Bertrand Russell). Mais

 

Tiananmen, Xiaobo e Liberdade

Tiananmen! Ainda guardo na memória aquelas imagens do Tank Man (Homem Tanque), como ficou conhecido em todo o mundo, o "Rebelde Desconhecido" que enfrentou, de pé e em movimento, uma coluna de tanques de guerra que se aproximava da Praça da Paz Celestial, em Pequim. Foi a 5 de Junho de 1989. Do destino deste Homem tudo é misterioso: seria um estudante de 19 anos, que fora preso por «tentativa de subversão dos membros do exército chinês» e por prática de «agitação política»? Teria sido executado 14 dias depois ou fora morto pelo pelotão de fuzilamento poucos meses depois dos protestos de Tiananmen? Ou estará vivo e escondido algures no seio da China ou em Taiwan? Como saber? Mais

 

A felicidade é uma atitude perante a vida

Normalmente, quando pensamos em felicidade, atemo-nos aos afectos mais próximos, mas poucas vezes analisamos atentamente as suas causas: «O que é que nos faz feliz?» E também raramente colocamos a questão em termos mais profundos: «É possível que a felicidade (que vivo hoje) seja um estado permanente?» Mais

 

O Valor do Trabalho

Venho de um tempo em que o trabalho era valorizado. Ser um bom trabalhador era motivo de orgulho. Até nas relações amorosas este atributo se fazia sentir: «Ele é bom rapaz e muito bom trabalhador», ou então, «é bom rapazinho, mas não gosta de vergar a mola», ouvia-se, com frequência, aos familiares das jovens que começavam a namoriscar. Mais

 

Os valores da liberdade

A vida humana, a cada momento, é o resultado ou a soma de todas as possibilidades conseguidas: possibilidades de optar, de decidir, de fazer, etc. E à medida que vamos preferindo opções em detrimento de outras, valores em detrimento de outros, vamos também orientando a nossa vida segundo determinados parâmetros e, com isso, abandonando outras possibilidades, que nunca chegaremos a saber se seriam melhores ou piores, enquanto desta forma vamos limitando as possibilidades futuras. Mais

 

O Estado Social é o caminho

Face às actuais políticas neoliberais, tão cantadas e elogiadas um pouco por todo o lado, que papel caberia ao estado, na sociedade contemporânea, se estas tivessem acolhimento profundo, uma vez que tais políticas tenderiam a reduzir o papel do estado a uma simples função residual? Mais

 
 

LIVROS / EBOOKS

 

FILOSOFIA

 

Para que serve a filosofia

A Fundamentação Metafísica da Esperança em Gabriel Marcel

Vergílio Ferreira e o Existencialismo

A Razão Universal em Álvaro Ribeiro

A Felicidade Segundo Santo Agostinho

A desigualdades entre os homens segundo Rousseau

Felicidade e Natureza Humana Segundo David Hume

 

EDUCAÇÃO

 

Organização e Desenvolvimento Curricular

Como Organizar Um Trabalho Escolar

Ciências da Educação: Glossário

 

ARQUIVO

 

O pensamento mítico

Pensamentos

Programas de Filosofia (10.º, 11.º e 12.º anos) V

Provérbios

Sabia que...

Os Sete sábios da Grécia

 
© 2003-2016 EuroSophia.com - Todos os direitos reservados Utilização de textos
EuroSofia é um espaço de reflexão e de edição de textos Última actualização: 01/01/16

Contacto